Como produzir conteúdo com acessibilidade para deficientes visuais

28

novembro

0 Comentário

Como produzir conteúdo com acessibilidade para deficientes visuais

Com a tecnologia cada vez mais presente no dia a dia das pessoas, é inevitável que sejam utilizados diferentes recursos de acessibilidade para deficientes visuais, já que eles necessitam de tecnologias inovadoras para acessar os conteúdos na internet.

Dessa forma, a deficiência não é apenas entendida como “a falta” de algo, que precisa de adaptação para o convívio em sociedade. Hoje ela é vista sob a ótica social, pois o que impede a sua inteira participação são as barreiras encontradas na sociedade. Por esse motivo, quanto menor for a barreira e maior a possibilidade e a facilitação do acesso, menor será o impacto da deficiência na interação com o meio.

Usuários com deficiência visual

Vale lembrar que deficientes visuais são aqueles que têm a perda ou redução de capacidade visual em ambos os olhos em caráter definitivo, que não pode ser melhorada ou corrigida com o uso de lentes, tratamento clínico ou cirúrgico.

Além disso, existem também usuários com visão sub-normal, cujos limites variam com outros fatores, tais como: fusão, visão cromática, adaptação ao claro e escuro, sensibilidades a contrastes, entre outras. Sendo assim, o termo cegueira não significa, necessariamente, a completa incapacidade para enxergar. Na verdade, há usuários com diversos graus de visão residual.

Como oferecer conteúdos com acessibilidade para deficientes visuais?

Para que as pessoas com uma deficiência visual consigam ter acesso a conteúdos em computadores, tablets ou smartphones, foram criadas tecnologias assistivas que facilitam bastante o processo, já que contam com funcionalidades especiais para ajudar esses usuários. Entre elas, podemos citar os softwares que se utilizam de recursos de áudio.

Posts com opção de áudio: quais são os benefícios?

Um post com opção de áudio é ideal no momento de oferecer acessibilidade para deficientes visuais. Além de facilitar “a leitura”, esse tipo de conteúdo possibilita que sejam realizadas outras atividades ao mesmo tempo, otimiza o tempo, ajuda a gerar leads e também oferece informações de forma muito mais humanizada.

Essa humanização acontece porque as narrações são feitas por pessoas que precisam ser fiéis ao conteúdo, ou seja, que trazem para os áudios emoções, entonações e pausas, o que é indispensável para que o conteúdo seja entendido com maior facilidade. Isto é, não são usadas as tradicionais vozes robóticas e sem naturalidade.

A leitura sem efeitos sonoros parte do princípio de que o usuário precisa construir sozinho o sentido do que está sendo escutado, sem interferências externas.

Já estamos utilizando esse novo recurso de conteúdo no post “Dicas de SEO para sua estratégia de marketing digital”, com o objetivo de facilitar cada vez mais a acessibilidade para deficientes visuais. O que você achou da novidade? Deixe um comentário!

Caso tenha em interesse em contratar uma agência de marketing digital especialista em conteúdo, entre em contato conosco!

Faça agora o Raio-X do Marketing Digital da sua empresa e fique à frente da concorrência!