Social Media

Saiba as vantagens que o Social Media aliado ao Inbound Marketing podem trazer para sua empresa.

O social media é uma parte muito importante do Inbound Marketing. Com seus milhões de usuários e suas várias formas de contato, criam-se oportunidades únicas para aproximar-se do seu público e engajá-lo com sua marca. Mais do que isso, as diversas redes permitem que a sua empresa crie um relacionamento mais próximo e duradouro com os usuários. As marcas podem tornar a experiência de navegar pelas mídias sociais mais interessante ao fornecerem conteúdos que se alinhem tanto com a plataforma que estão, quanto com o público com o qual ela quer interagir.

 

Vantagens do Social Media (Redes Sociais)

  • Aumento de Notoriedade da Marca
  • Enriquecimento de Experiência do Cliente
  • Melhora na Taxa de Conversão
  • Segmentação melhorada do Público Alvo
  • Redução dos Custos de Marketing
  • Canais exclusivos com o Cliente

Preencha o Formulário para falar com nossa equipe









Social media e social network (mídia social e rede social, respectivamente) são termos que já existiam antes mesmo da internet ser criada. Porém, quando sites como Orkut e MySpace começaram a se popularizar no começo do século, ambas as expressões começaram a ganhar novos significados.

Não cabe a nós nesse momento dissecar o significado de cada um, até porque ainda existe muito debate sobre o melhor uso para cada termo. De qualquer maneira, ao longo desse texto faremos uso das duas expressões de forma genérica, a fim de facilitar o entendimento do conteúdo apresentando.

Social media, assim mesmo em inglês, é o termo usado por agências e departamentos de marketing de todo o mundo para se referir aos trabalhos feitos dentro de sites como Facebook e Twitter. Social media também é o nome dado para o profissional que exerce a função de produzir e gerenciar conteúdo dentro dessas redes.

O trabalho do social media, é extremamente recente e ainda está passando por diversas mudanças. Com plataformas em constante mutação e usuários ágeis que se entediam facilmente, as boas práticas de agora não são as mesmas de cinco anos atrás e com certeza não serão as mesmas daqui cinco anos.

Social Media e Inbound Marketing

O social media é uma parte muito importante do Inbound Marketing. Com seus milhões de usuários e suas várias formas de contato, sites, apps e outras plataformas de social media criam oportunidade únicas para aproximar-se do seu público e engajá-lo com sua marca.

Logo, as mídias sociais nunca serão a parte central do seu planejamento de Inbound Marketing. Contudo, elas são essenciais para propagar a sua mensagem em diversos canais. Por exemplo, é difícil fazer com que usuários entrem diariamente no seu blog, onde está o seu principal conteúdo; porém, esses mesmos usuários podem ser encontrados frequentemente em redes sociais, onde você pode divulgar os seus posts de blog.

Mais do que isso, as diversas redes permitem que a sua empresa crie um relacionamento mais próximo e duradouro com os usuários. As marcas podem tornar a experiência de navegar pelas mídias sociais mais interessante ao fornecerem conteúdos que se alinhem tanto com a plataforma que estão, quanto com o público com o qual ela quer interagir.

Relacionamento

Não somente as mídias sociais aproximam-no da sua audiência, como sobre elas também reúnem uma quantidade considerável de dados que podem ajudá-lo a entendê-la, a partir de diversas ferramentas (gratuitas e pagas) presentes no mercado. Para criar conteúdo que atrairá visitantes, você precisa certificar-se de que você está efetivamente escrevendo para a sua audiência. Você pode usar as ferramentas de análise das mídias sociais para conhecer melhor o seu público e descobrir quais conteúdos lhe são mais interessantes.

As mídias sociais também ajudam a desenvolver relacionamentos com blogueiros, influenciadores e advogados da marca, que irão promover o seu conteúdo usando os seus próprios canais. Esses relacionamentos, portanto, são uma ótima fonte de link building, criando links externos para o seu conteúdo, que gerarão relevância dentro do Google.

Além disso, as mídias fornecem insights sobre novos grupos de pessoas que podem ter interesse nos seus produtos e serviços, para os quais você antes não tinha uma estratégia. Ou ainda, você pode usar o social media para ouvir diferentes tipos de pessoas que estão usando uma hashtag relevante, por exemplo.

Redirecionamento

Pensando em Inbound Marketing, um dos objetivos principais em social media é fazer com que os usuários interessem-se mais pelo seu negócio e queiram ir atrás de mais informações, para quem sabe efetuar uma compra ou, ao menos, entrar para o seu mailing. Para isso, é comum ver marcas usarem seus perfis para redirecionar usuários para sua homepage.

No entanto, enviar seus seguidores diretamente para a sua homepage pode não ser a melhor opção. Ao invés disso, pode ser mais interessante redirecionar os usuários para uma landing page. A partir dessa landing page, você pode transmitir uma mensagem mais precisa para seus prospects e, quem sabe, já gerar alguns leads.

Planejamento

O processo de pesquisa, desenvolvimento, revisão e publicação de conteúdo para redes sociais pode ser muito trabalhoso e muito demorado. Levando em conta que ainda é necessário preocupar-se com vários outros pontos da sua estratégia de Inbound, é preciso otimizar o tempo para garantir que tudo será entregue com qualidade.

Dessa maneira, o mais indicado costuma ser sempre desenvolver o equivalente ao conteúdo de uma semana de uma só vez. É mais fácil e rápido fazer sete posts de uma vez, por exemplo, do que um por dia. Além disso, é essencial conseguir enxergar com antecedência como será o conteúdo a ser publicado, para seguir diretrizes do planejamento. Lembrando que existem várias ferramentas que ajudam a agendar as publicações, fazendo com que esse trabalho seja feito também de uma só vez.

As mídias sociais

Para poder ser efetivo no trabalho de social media, antes de tudo, é preciso conhecer bem as diversas redes. Não se pode construir um único conteúdo e divulgá-lo igualmente em diversas plataformas, esperando um resultado excelente. O grande segredo é entender como o público se comporta em cada uma delas, adaptando-se a ele.

Facebook

A maior e mais famosa das redes se tornou quase que uma obrigatoriedade. Embora o Facebook tente manter a sua essência de quando foi criado, com o propósito de ser uma rede social que permita conectar-se a diversos amigos e conhecidos, é inegável o peso que as marcas ganharam nessa década dentro da rede.

Mesmo com engajamento em baixa, já há alguns anos, para aqueles que não investem em Facebook Ads, muitas marcas ainda sentem necessidade de estarem dentro do Facebook por ser onde muitos de seus consumidores passam algumas horas da semana. Além disso, mesmo não interagindo, usuários sentem falta quando uma marca não tem página no Facebook, uma vez que a rede é muito usada como motor de busca para encontrar informações rápidas sobre diversas empresas.

De qualquer maneira, visto que a quantidade de informação dentro da rede, hoje em dia, é grande demais, tem se tornado difícil conseguir chamar a atenção de quem lhe interessa. Dessa forma, veículos e blogs vêm ganhando relevância dentro da rede, por fornecerem constantemente conteúdo relevante aos seus usuários. Tendência que está sendo seguida por marcas que investem em Inbound Marketing, ao terem percebido que mais conteúdo do mesmo não leva a lugar algum.

Instagram

A rede de fotos mais famosa do mundo pertence ao Facebook. O universo do Instagram gira todo em torno de imagens belas e que chamam atenção. Ao contrário de muitas outras redes, ele não permite links externos em suas legendas, o que faz com que o app jamais redirecione para algum conteúdo fora dele.

Ser bem sucedido dentro do Instagram costuma vir do esforço de produzir conteúdo exclusivo para a rede. Quando um usuário está descendo pelo seu feed, ele não quer ficar vendo imagens que foram pensadas para outras mídias, ele quer ver alguma foto ou alguma produção pensada para ser publicada no Instagram. A imagem deve conseguir prender a atenção do espectador, afinal os dedos correm rapidamente e, muitas vezes, o feed de fotos passa sem que nenhuma expressão seja esboçada.

Twitter

Usada muito por adolescentes, nerds e fãs de cultura pop, o Twitter não pode ser considerada uma rede de nicho por trabalhar com diversos públicos, mas não é uma rede ampla o suficiente para servir para qualquer tipo de marca. Apesar de já estar no ar desde a década passada, muitos profissionais ainda têm dificuldade em desenvolver bons trabalhos de social media para a rede do passarinho azul.

Extremamente dinâmico, o Twitter é uma rede do aqui e agora, tanto que um de seus grandes diferenciais é o chamado Assuntos do Momento (ou Trending Topics, como ficou conhecido). É também uma rede muito pessoal e informal, o que faz com que seja difícil de encontrar o tom certo a ser usado: se de um lado, pesar em uma linguagem muito institucional não chama atenção nenhuma, do outro, marcas que se esforçam demais para um tom informal, que acaba ficando demasiadamente falso, também não veem seu número de seguidores crescer.

LinkedIn

Extremamente diferente do Twitter, o LinkedIn é uma rede formal com foco em negócios. Seu principal objetivo é conectar empresas e profissionais, especializando-se no mercado de trabalho. Isto é, no LinkedIn, empresas podem encontrar profissionais qualificados e profissionais podem encontrar vagas nas empresas. Ou ainda, contatos de negócios podem ser feitos para futuras parcerias ou contratações.

Tudo isso faz com que o heavy user de LinkedIn tenha um perfil completamente voltado para negócios e, portanto, a rede se tornou parte da estratégia de várias empresas que querem melhorar o seu relacionamento com esse público. O cuidado é encontrar o tipo de conteúdo que deve ser colocado no perfil da sua empresa. No LinkedIn, GIFs interessantes não chamam atenção, enquanto que um artigo com informações sobre o mercado pode ganhar muitos likes.

Outras redes

Existem muitas redes no mercado com muitos usuários e que já são bem usadas por diversas marcas. Algumas delas possuem foco em vídeo, como o Youtube. Com a possibilidade de criar o seu próprio canal, o Youtube ficou famoso pelos diversos vlogs (vídeo blogs) criados pelos usuários. Atualmente, marcas também trabalham com seus próprios canais, oferecendo desde conteúdo institucional até vídeos divertidos que se alinham ao seu público. Desenvolver uma estratégia de Inbound Marketing com Youtube requer muito cuidado, em especial porque a linguagem de vídeo é bem diferente daquela de texto e a criação de conteúdo é mais cara e demanda mais tempo.

Snapchat e Vine são outras redes famosas de vídeos. A primeira baseia-se em fotos e vídeos que desaparecem em pouco tempo, durando de 1 a 10 segundos e podendo ser vistos somente uma vez ou várias vezes num período de 24 horas até sumir completamente. Já o Vine registra somente vídeos curtos de até 6 segundos, que podem ser vistos em loop quantas vezes quiser. Ambas possuem muitos usuários entre 13 e 25 anos e trabalham muito com o imediatismo, assim como o Twitter (o Vine, inclusive, foi criado pelo Twitter).

Para um público de faixa etária similar, existe também o Tumblr. Muito focado em imagens, como GIFs, e adorado por muitos profissionais de ramos artísticos, a rede permite compartilhamento de vídeos e textos também. Para se dar bem dentro dele, o importante é saber interagir com a comunidade. Isto é, participar ativamente de outros posts, dando like, comentando e compartilhando publicações pertinentes.

Por fim, temos o Pinterest. A rede começou a interessar às empresas quando perceberam que era um canal excelente para atingir mulheres com mais de 30 anos, principalmente mães. Em geral, portanto, é usado para relacionar-se com o público feminino, apesar de não ser uma exclusividade. Assim como o Tumblr, é focado em imagens e prevê bom relacionamento com a comunidade.

 

Gostou de nossos serviços?

Entre em contato com o nosso time de especialistas e saiba como o Inbound Marketing e sites focados em conversão podem melhorar as suas vendas, trazendo visitantes qualificados, mais leads e gerando mais conversões. Em breve nossa equipe entrará em contato sem compromisso ou custo algum e você mudará a sua visão do Marketing Digital.